Slideshow

Tradutor - Translater - Traductor - Traducteur - Traduttore - Översättare - 翻译 - Переводчик

Se quer receber actualizações do meu blog

Coloque aqui o seu email:


Powered by FeedBlitz

6 de julho de 2009

Olhar em silêncio

Photobucket


Parece-me que eu já vi este homem…
Se não era ele, era alguém muito parecido com ele.

Ao olhá-lo, em silêncio, o meu espírito fica perturbado, e quanto mais olho mais me perturbo e não posso impedir que as lágrimas me escorram pelo rosto, e se forme um nó na garganta.
È que o seu olhar revela tanta tristeza, tanta desconfiança!
Tanto medo e tanta insegurança!
Que parece que ele implora a quem o está a fotografar, que por favor vá andando, que faça como os outros que ali passam, que nem sequer o olham, que nem sequer o vêm.
Já se habituou a tanto desprezo e a tanta indiferença, que quando alguém repara nele e o olha, ou lhe diz qualquer coisa, ele nem sabe o que pensar nem o que fazer.
È que o mundo e a vida já foram tão maus para ele, que ele já desconfia de tudo e de todos.
Ele quer que o deixem sossegado “no seu canto.”
Foi o que ele conquistou, é tudo quanto tem, é tudo o que resultou da “sua carreira” de cerca de quarenta anos.
Podem atirar a moeda para cima da outra que lá está, que alguém deu.
Pois ele precisa dessas moedas para ir ao café ali ao lado, beber um galão e comer uma sandes.
Talvez á hora do almoço vá até á sopa dos pobres comer um prato de sopa e uma carcaça.
E á noite, logo se vê.

Eu continuo olhando a foto e vejo ali um homem bonito.
Todo o ser humano é sempre bonito, é uma obra-prima do grande Criador.
È a “coroa” da Criação.
E mais, foi criado á imagem e semelhança de Deus…
Logo é parecido com Deus.
È livre, e tem livre arbítrio.

Perante Deus todos os homens são iguais.
Não há um mais importante que o outro.
Segundo os homens não é bem assim…
O valor está na posição social ou cargo que ocupa, ou ainda na marca das roupas que usa.

Não são os andrajos que este homem veste, nem a sujidade que se agarrou á sua pele e ao seu cabelo, que lhe tiram o valor, ou o tornam menos importante que qualquer outro.
Isso é apenas uma questão exterior que não conta quando se analisa o valor do ser humano.

Por: Viviana
Blog: Olhai os Lírios do campo
“Todos os direitos de autor reservados”

29 comentários:

Mª Angeles y Jose disse...

Una foto que transmite mucha tristeza y pensamientos ocultos tras una mirada perdida.
Muy buena toma.
Saludos.

Anónimo disse...

Foto e texto quase parecem um documentario, parabens aos dois, a foto é um grande registo e o texto parabens a sua autora acompanha a foto com muita verdade, bjs

Eu

Marta disse...

Que beleza de texto e a foto brilhante...
Gostei muito..
Beijos e abraços
Marta

Fragmentos Betty Martins disse...

._________querida Vivian




maravilhoso este texto


________falando da dor - no mal que o homem faz ao seu "igual"_____sim! porque somos todos iguais_______mas também de esperança - são as tuas palavras


.parabéns lindo texto

Nuno. excelente foto




____________________///








beijO______ternO

Teresa Durães disse...

gostei bastante deste B&W

Cris Vieira disse...

Bela imagem que fala por si.Excelente cor,luz e composição.

Cris Vieira disse...

Fique tranquilo as molduras são para efeito no blog. Eu trabalho como fotógrafa.

Deusa Odoyá disse...

Olá !!!
Estimado amigo Nuno..
Uma bela foto, onde retratas a dura realidade de uma pessoa, sem prespectiva de uma vida melhor.
Tendo, ao seu lado, a própria solidão.
Fiquei emocionada...
Como sempre vc. consegue colher belas imagens.
Uma semana de muita paz, amor e luz.
Que Deus, possa sempre guiar seus passos.
Bejinhos doces de sua amiga do lado de cá.
Regina Coeli.

Obrigado Nuno, por suas visitas ao meu cantinho.

simplesmenteeu disse...

Perfeito o teu olhar!
Como sempre, um olhar feito com o coração.
Um texto a falar de verdades que é preciso denunciar, lembrar e fazer reflectir.

Deixei um "mimo" no blog. Se quiseres e quando quiseres guarda-o.
Não discuto o significado que cada um dê. Sei apenas, que são sempre, uma demonstração de Admiração e Afecto.

Beijo terno

Lmatta disse...

bela foto como sempre
beijos

M. disse...

Das mais belas fotografias do teu espólio.

P&B para mim dá os melhores trabalhos.

E então o tema... muito bom. Algo que ninguém deve deixar de lado, nunca. Os sem-abrigo.

Beijo.

pin gente disse...

fantástica foto, nuno!
é triste, é dura
mas é nua e crua... como tantas vidas.

gostei do texto... real!

um beijo amigo
luísa

Helena Paixão disse...

Começo pelo fim ("Isso é apenas uma questão exterior que não conta quando se analisa o valor do ser humano.") - deveria ser assim, devia mas... infelizmente, provavelmente porque muitas vezes não é assim, há tanta injustiça por esse mundo fora.

Bonita sintonia entre foto e texto. Parabéns Viviana e parabéns Nuno!

Beijocas!

Cris disse...

GRANDE fotografia!!

Angela Ladeiro disse...

São as fotos que tu fazes que mais gosto. Expressivas, parecem ter vida. Fiquei com inveja e lá fui fazer um cruzeiro também...Tirei muitas fotos, mas pouco aproveito. Uma correria, um stress. O meu marido farias cruzeiros mais que uma vez ao ano, mas eu não sou apaixonada. Prefiro as férias calmas, ( no fare niente!)...Um beijinho

isabel mendes ferreira disse...

excelente "retrato" da solidão viva e "sábia".




felicito os dois fazedores deste post.

Ana disse...

Olá amiguinho Nuno, ao ler o texto extraordinário e ao olhar o retrato magnífico que executaste com tanta arte, acredita que pensei já ter visto alguém parecido com aquele Senhor ali sentado, tão triste, e que apesar de viver onde deve passar tanta gente, sente-se na maior solidão, porque todos o ignoram.
Todos não, alguém parou porque tem um coração de "ouro" olhou, e fez este pertinente registo, para transmitir através da imagem a vida madrasta que certas pessoas, infelizmente têm.
Obrigada por me fazeres reflectir que estas pessoas precisam algo mais do que uma simples moeda, acredita que me emocionei.
Um grande beijinho e não mudes, sê sempre essa pessoa linda que admiro tanto!
Ana Paula

L.Reis disse...

Uma fotografia "vive" dos sentimentos que desperta, daí a força de cada imagem ou a sua fraqueza. Dou-te os meus parabéns...um retrato absolutamente fantástico!

sercon disse...

bom blog... fotos excelentes convite para o meu http://lenteoculta.blogspot.com

Carla disse...

se a foto nos transporta a uma outra dimensão, as palavras são um complemento perfeito
beijo

São disse...

Uma foto muito boa, que capta a triste situação de um ser tão humano como nós.

Que tenhas um bom fim de semana, meu bem.

Branca disse...

Conseguiu captar toda solidão, todo desencanto que esse homem carrega. Se somos a imagem e semelhança do Pai, teríamos que ser sempre bonitos -verdadeira obra-prima do Criador, mas pra algumas pessoas a vida é tão cruel...
Triste demais!

Bom fds Nuno...bjo carinhoso.

Carla Alves disse...

Olá Nuno,

Bem … Esta fotografia deixou-me “desconcertada”! Quanta tristeza no rosto do homem, o vazio do seu olhar …

Está um trabalho (fotográfico) excelente! Acompanhado, claro está, de um texto que ilustra bem o “quadro” que tu, com sensibilidade, captaste …

Parabéns aos dois!
Adorei,
Carla

chenfy disse...

una foto muy buena apesar de su tristeza.
Seguiré tus trabajos me parecen interesantes
salu2

Viviana disse...

Olá Nuno, meu bom amigo

Parabens pela excelente fotografia.

Parabens por essa tua sensibilidade.

Parabens por veres o que tantos não vêm.

Muito obrigada por teres partilhado conosco.

Um grande abraço e... muitas fotos lindas

Viviana

Branca disse...

Ei Nuno,
passando pra desejar uma semana abençoada e cheia de realizações!

Bjo carinhoso.

mundo azul disse...

__________________________________


Sua foto é excelente! Captou toda uma historia triste que será escrita, segundo a interpretação de cada um... Bonito o texto de da Vivian, repleto de sentimento!


Beijos de luz e o meu carinho...


_________________________________

Luis F disse...

Amigo Nuno

Excelentes fotos que descubro sempre que visito o teu recanto...

Estás de parabéns... qualquer dia se me autorizares, pego numa foto tua e ilustro um poema meu.

Com amizade
Luis

Desnuda disse...

A foto é incrivel! Bela! O texto condizente com a beleza e o que se vê.

Beijos e linda semana, amigo!

Acerca de mim

A minha foto
Nasceu na maternidade Bensaúde na freguesia da Nossa Sr.ª de Fátima em Lisboa, no dia 9 de Abril de 1966. Vive presentemente em Mem Martins, concelho de Sintra, distrito de Lisboa. Fotógrafo por paixão, desde bem pequeno sempre admirou os trabalhos de outros fotógrafos mas só de há dois anos a esta parte se dedicou a esta bela arte. Amador e autodidacta, tem tentando aprender os segredos da fotografia; fez recentemente um curso de iniciação à fotografia e pretende fazer mais alguns. Tem ainda aprendido com outros fotógrafos, observando e lendo muito sobre o assunto. Sendo hoje um hobby, gostaria de um dia poder ir mais longe, quem sabe ligado profissionalmente a esta área, hoje é administrador de um site de fotografias nacional: www.fotogenico.net, venha inscrever-se é gratuito. Realizou algumas exposições de fotografia (“Sorrisos” e “Mar”), doando o seu trabalho em prol de um projecto de ajuda aos Mininos di Rua em Cabo Verde. Tem algumas galerias na Internet e um blog onde vai dando a conhecer o seu trabalho. Fotografias de maior interesse: Paisagens, macros, mundo animal, retratos, pôr e nascer de sol, arte digital, desporto e acção, fotografia ligada à nossa história.

Visitas neste Blogue

Seguidores

Bau - Cabo Verde


Discover Bau!